Longe do Mar

Capitão do Cerrado

Eu olho pela janela,
eu vejo o mundo lá fora
Onde as ruas não têm esquinas
onde perde-se o meu olhar
Eu vejo uma luz no cerrado, nuvens,
o céu perto de nós
A cidade onde quase tudo foi planejado,
de novas idéias e canções

Eu olho pela janela,
eu vejo o mundo lá fora
Onde as ruas são tão largas,
que idéias costumam não se encontrar
Eu vejo a luz do horizonte,
vontades e indignação
Repugnância aos indivíduos
que fazem da vida uma corrupção

Eu sou da Capital, eu moro longe do mar
Mas não me leve a mal
eu vôo nas asas da cidade que aprendi a amar
Eu sou da Capital, eu moro longe do mar
Mas não me leve a mal
eu vôo nas asas da cidade que aprendi a amar

(repete 1º estrofe)

(refrão)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados