O Tempo

Casa di Caboclo

O tempo se encarrega e põe o verso em seu lugar Confirmando tudo aquilo que eu já digo no olhar Essa é a única verdade que de mim ninguém tira
Eu trago paz no meu peito e na garganta trago ira Com força suficiente pra desfazer o nó
O choro corre e já disseram que esse é o meu b.o. Pra eternidade... Tomara que ela me abrace Enquanto o tempo derruba dos falsos os seus disfarces
Tento parar o relógio, correr contra o tempo
Se a carapuça serviu... Fazer o que só lamento Cagueto o pensamento pra não enlouquecer
Se essa é a melhor opção...
O tempo vai dizer

Pode ser que o tempo seja pouco e digam que sou louco...
O tempo vai dizer
Pode ser que o tempo seja pouco...
Pode ser que o tempo seja pouco

A ampulheta da vida vai derrubando seus grãos
Já conhecidos demônios deixam escorrer podridão
Na contra - mão disso tudo eu coleciono fracassos Que não tem força o bastante pra desfazer belos laços
Na angústia cotidiana pra vida devo não nego
Pra melhorar esse saldo sinceridade eu carrego Desde que eu era moleque e o tempo não passava Hoje ele voa e com ele vão se apagando as palavras Mas a mensagem não morre...
Se quiser adormece
Pra alimentar os famintos no coração ela cresce Devagarzinho, sem pressa...
Esperando o momento
Que alguém trará boas novas e anunciará novos tempos

Pode ser que o tempo seja pouco e digam que sou louco...
O tempo vai dizer
Pode ser que o tempo seja pouco...
Pode ser que o tempo seja pouco
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados