Ouvir Música

Renascendo das Cinzas

Chaparraus Nutrs

Aêe Lipy!
Tu não sabe da maior mané
Os cara tão dizendo que a stronda vai acabar
O que é que você tem a dizer ?
A stronda só acaba pra quem faz por moda
Mano, eles tem que enteder que o Chaparraus
Tá vindo tipo a Fênix mané
É assim que é, assim que vai ser
Renascendo das cinzas
Eu sou real no que eu faço

Não faço rima pra galera me considerar o rei
Eu faço rima pra quem escuta dizer, me identifiquei
Nesse som, na levada eu fico viajando
Agora eu entendi porque a stronda tá acabando

Aê, me dá licença
Deixa eu chegar nessa parada
Mostrar que a chapa é quente nessa longa caminhada
Quebrando tudo, a concorrência passa mal
Só quem representa tá com a gente até o final
Não é questão de ser estrela, nem questão de ser artista
É mostrar que tem valor, e quatro anos de pista
Pra quem disacreditava, e hoje não disacredita mais
Vou pra aqueles que deixaram o sonho, e não correram atrás

Abandonar o barco antes dele se afundar
A stronda caiu, mas todos vamos superar
Dar a volta por cima, eu sei que as coisas vão mudar
Renascendo das cinzas, agora o bicho vai pegar
Vamo nessa, que eu tô com pressa, intão se expressa
Pensando na evolução, é o que interessa
Mantenha o equilíbrio aonde for
Na vida tu só colhe aquilo que você plantou

Cabeça feita, na casa da biat, de boné pro lado
Camisa regata, sorriso estampado
Avisa lá que o bonde tá pesado
E nego fica indignado, e chega até parar pra ver
Os improvisos mandados na hora, no baile mó proceder
Infelizmente nessa estrada quase ninguém se deu bem
Tá comprovado no mundão, que você só vale o que tem
Amém, a vida é louca e eu disfruto dela
Não pode marcar bobeira na linha
Se não o trem te pega !

Não faço rima pra galera me considerar o rei
Eu faço rima pra quem escuta dizer, me identifiquei
Nesse som, na levada eu fico viajando
Agora eu entendi porque a stronda tá acabando

Poeta eu não sou, mas tou sempre na moda
Chaparraus Nutrs o som que te apavora
Inovando, elaborando, mostrando várias idéias
Dando vida a movimentos cobiçados por toda platéia
Rato souto louco na pista, pela madruga
Eu represento a stronda, até debaixo de chuva
Eu vou pra dentro do problema
Eu boto minha cara a tapa
Já chego roubando a cena, e nego nem anota a placa
Como disse o Rappin Hood, eu também sou sujeito homem
Se eu tou com o microfone, é tudo no meu nome
Tá tentando entender os versos que eu tou recitando
Tão tentando entender porque a stronda ta acabando
Quanto mais os caras pisam, mais gente idolatrando
Vários grupos desistindo, eu fico só observando
Muitos vivem reclamando pela falta de o portunidade
Não voltado pro que é bom, voltado pro que tem qualidade
Opinião nessa vida cada um tem a sua
Perdemos um soldado, mas a guerra continua
Uma família forte, jamais será vencida
Se tem uma missão, ela tem que ser cumprida

Não faço rima pra galera me considerar o rei
Eu faço rima pra quem escuta dizer, me identifiquei
Nesse som, na levada eu fico viajando
Agora eu entendi porque a stronda tá acabando !
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados