A Arma

Codename: A.G.O

A ARMA ESTA APONTADA

(coro)
A Arma esta apontada, carregada e engatilhada,
Pra sua cara não da mas tempo pra nada
Me diz então o que pretende fazer
Cadê sua valentia olha o que tu arrumou pra você

(verso1)
Agora escuta, pos tenho que trabalhar,
Como um homem de negócios eu quero negociar
Fazendo rap, e entretendo meu povo
Estilo black, e o meu trabalho meu jogo, porem
Não sou famoso mas sou muito julgado
Pelo meu estilo de vida acho que fui condenado
Bem vindo ao gueto aqui o negro vive na correria
Subindo pelas paredes dento da periferia
Se liga aqui não é seu lugar
Playboy tem estomago fraco e não consegue agüentar
Sobe só pra comprar coca pra se matar de cheirar
E logo treme na base quando ouve a bala cantar
Cheiro de sangue no ar, aqui não é seu ambiente
Volte para a cobertura aonde morre pouca gente
Se continuar aqui a sua vida pode acabar
Ai não tem como escapar por que agora

(coro)

(verso2)
Aqui a coisa e quente, bem vindo a minha favela
Sempre esta morrendo gente, pos o governo não olha pra ela
Já caiu policia, marginal, e inocente
O que será do meu povo o que vai ser da minha gente
Por que eles acostumaram a viver
Vendo seu filho na merda drogados ate morrer
Tendo um futuro escuro como única opçao
Enquanto o boy que tem tudo se droga por diversão
Me intriga playboy ta de brincadeira
com tudo o que quer na mão anda fazendo besteira
Diz que só pobre e favelado entra em caminho errado
Então por que o filho do rico ta passando o dia inteiro drogado
Está tudo errado, mas alguém tem que falar
Pra quem escuta aqui do gueto ter coragem de lutar
Pois pra viver nesse lugar, e preciso protestar
E não adianta só chorar por que agora

(coro)


(verso3)
A arma esta apontada, virada pra minha cara
Então dispara, dispara cara não para
A arma esta apontada pra cara do cidadão
A arma do preconceito, miséria, fome e opressão
Virou o jogo sou eu quem aponta a arma
Bem carregada com pentes de informação
Vou disparando verdades que ferem a oposição
Seu manto com toda falsa imunidade que esconde a maldade jogo no chão
Então diga, o que tu fará agora?
Já arranquei sua mascara sua face eu botei pra fora
Chegou a hora não bola pode vir me recriminar
Sem demora não chora verdade vim pra disparar
Tu pode ate desfilar, com aquele seu carrão do ano
comprado com aquela grana que você vem sonegando
Diz que já subiu na vida, não precisa mais de nada,
tu caiu na emboscada por que agora

(coro 2x)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados