Samba-Enredo 1988 - Quilombo Catôpes do Milho Verde

G.R.E.S. Colorado do Brás

Quilombo espalhou suas raízes
E fez sua semente germinar
Em ricas terras mineiras
Do Milho Verde vem o canto pelo ar

Grupos de negros legendários
Catôpes tradicionais
Fazem do festejo do Rosário
Cenários dos nossos ancestrais

É BAMBAQUERE, QUE FAZ O CORPO REMEXER
É BAMBABALÁ, QUE SACODE PRA LÁ E PRA CÁ
É ARRUDA DE GUINÉ
ESPANTANDO TODOS MAUS DE OLHAR

Em forma de Quilombo na Avenida
Colorado se agita no desfile principal

E VEM, VEM MOSTRAR AO MUNDO INTEIRO
QUE O NEGRO BRASILEIRO
CANTA LIVRE E FAZ SEU CARNAVAL

CANTANDO AMOR EU VOU, POR QUE FELIZ ESTOU
É QUE A FELICIDADE NÃO TEM, COR

É MANHÃ DE PAZ
ME ABRAÇA E FAZ AS PELES MAIS UNIDAS
QUE BELEZA
NÃO CRIOU RAÇA DEUS APENAS CRIOU VIDAS
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados