Ouvir Música

Mulheres da Minha Vida

D Kay

Como posso viver sem elas?
Como posso ser só de uma delas?
Abro todas as janelas da mente
Seu gosto, seu corpo, me faz só delas sempre
Mas eu vivo dividido entre esse perigo de ter e poder
Eu sinto que estou preso a elas, o que eu posso fazer?
São minhas, só corpo, só mente, só mãos, pele e
sorriso
Mas são minhas, e só delas que eu preciso.
Quando visto a capa da solidão
Um toque no telefone e peço o seu perdão
Elas me recebem com abraços verdadeiros sem sermão
E me dizem o que eu preciso ouvir
Sempre fingem, mas já aceitei isso das mulheres
Minhas mulheres, minhas escritoras, escultoras
Sempre me dando seus ouvidos, suas bocas
Sou réu confesso, quero todas pra mim
Não é só sexo, é condição de existir
Viajem, vejo o calor sob a maquiagem
Bobagens são valiosas na hora do olhar
Vem, vem pra cá me conta sua história
Minhas mulheres sempre me fazem esquecer da hora
O que já passou eu revejo na memória
O que não foi tão bom, deixa que o tempo melhora
Então um som a elas, mulheres da minha vida dedico
As que nunca vou ter, mas que por elas existo,
insisto, pelo visto, acredito

É natural o meu querer
É como vejo você, você e você
É natural, o que eu posso fazer menina?
Me molda a seu sorriso, me molda a sua vida.

E assim, vejo a lua surgir em mim
Você é o sol, você é o céu, você é minha areia
Todas únicas me envolvendo nessa teia
Quero vê-las, quero te-las
Mas a mulher a si pertence e só
Te enganam pertencer embaixo do lençol, mas não me
iludo
Elas mesmas é que me contaram tudo
O mundo é solitário, o segredo é assim fácil
Aproveite a sua companhia e a guarde no espaço
Dedique a cada mulher da sua vida uma estrela
Ou uma constelação. Talvez assim seja
Beleza, riqueza é o seu interior
Consideração regada de muito amor
Amor quero em dobro, carinho e consolo
Pois a estrada é um pesadelo, a cidade é um furação
Só esboce um sorriso após te oferecer meu coração
Mulheres da minha vida, a vocês sou fiel
Tanto quanto um bom vivant pode ser
Sempre procuro os bons momentos no céu
Pra que em toda minha vida eu nunca possa esquecer o
meu querer

É natural o meu querer
É como vejo você, você e você
É natural, o que eu posso fazer menina?
Me molda a seu sorriso, me molda a sua vida.

O poder de ser tantos papeis e manhãs
Ser menina, ser mulher e um dia ser mãe
Amigas verdadeiras que só um homem pode ter
Amor sincero, eu espero que você me compreenda
Minhas mulheres, divinas prendas são vocês
A sorte de um homem é poder amar sem esquecer de
nenhuma
E o que cada uma delas fez.

É natural o meu querer
É como vejo você, você e você
É natural, o que eu posso fazer menina?
Me molda a seu sorriso, me molda a sua vida.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados