Ouvir Música

O Lagar de Deus

Deise do Vale

Olhei, és uma nuvem branca e assentado sobre a nuvem o Filho do Homem
Na sua cabeça uma coroa de ouro e na mão uma aguda foice
E um anjo sai do templo e clama com grande voz, dizendo assim
Lança sua foice e sega e Ele segou a terra

E no templo que no céu esta o ser de branco também tinha uma foice aguda
E o anjo que sobre o fogo tem poder disse ao ser de branco o que ele tinha que fazer
E ele sai do altar e clama com grande voz, dizendo assim
Lança sua foice aguda, pois a vinha nessa terra já esta madura

Lança sua foice e sega tira tudo que não presta é hora de segar
Do meio desse povo queima toda erva daninha
É a ceifa é a vindima

Ele vem e o joio do meio do trigo ele vai separar
Pois aquele que usa de engano na congregação não vai ficar
Ele vai pisar no lagar

Lança sua foice e sega tira tudo que não presta é hora de segar
Do meio desse povo queima toda erva daninha
É a ceifa é a vindima

Ele vem e o joio do meio do trigo ele vai separar
Pois aquele que usa de engano na congregação não vai ficar
Ele vai pisar no lagar

E fora da santa cidade o sangue vai corre
E eu não quero ver, eu não quero ver
Quando o anjo a sua foice sobre a terra ele descer
Lançará as uvas no grande lagar da ira de Deus

Lança sua foice e sega tira tudo que não presta é hora de segar
Do meio desse povo queima toda erva daninha
É a ceifa é a vindima

Ele vem e o joio do meio do trigo ele vai separar
Pois aquele que usa de engano na congregação não vai ficar
Ele vai pisar no lagar

Pois aquele que usa de engano na congregação não vai ficar
Pois aquele que usa de engano na congregação não vai ficar
Pois aquele que usa de engano na congregação não vai ficar
Ele vem e o joio do meio do trigo ele vai separar
Ele vem
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não