Ouvir Música

Negrinho Cantadô

Delley e Dorivan

Não é conto de fada, história contada
Em versos rimados que eu vou contar
Fui moleque travesso, sem ter endereço
Pra vida um preço tive de pagar
Garoto de escola, franzino e beiçola
Gostava da viola e queria cantar
Desde os meus oito anos, sozinho lutando
Tocando e cantando, querendo ganhar

Toca viola, toca
Que o canto sufoca o meu coração
Chora viola, chora
Cantar e chorar é nossa missão
Eu te dou o meu colo, me dê o seu braço
Que o resto eu faço com as minhas mãos

Fiquei rapazinho, segui meu caminho
Pisando em espinho fiz ele quebrar
Por alguém que amei muitas vezes chorei
Muitas pingas tomei na mesa de um bar
Apesar de tão jovem eu já era um homem
E já tinha fome e sede de amor
Na estação de vida, num porto perdido
Menino sofrido mais um sonhador

Negrinho enxuto, caipira e matuto
Mas tinha estatuto para cantar
Quando os meus dedos nas cordas tocavam
Elas me convidavam para viajar
Cheguei em São Paulo sozinho, eu falei:
Que eu arrumei, aonde vim parar?

Aqui em São Paulo eu fiquei parado
Num canto assustado, a viola na mão
Alguém disse: Aê, mano nao Me toque um rock,
Ou me mande um som pop de badalação
Tirei a viola de um saco de meia
Puxei as craveiras depois de afinar
Cantei Ferreirinha, mineiro e italiano
Ele disse: Qual é, mano.tu quer me tirar
Dei uma rasteira com tanta mágoa
Numa poça d'água fiz ele pranchar
O povo gritava com a força do peito
Toma sujeito, respeita o violeiro
Fiquei tão feliz quando eles pediram
Toque mais uma do Tião Carreiro

Dormi mais de vez por mais de um mês
Com sinal da cruz e a salve rainha
Até hoje me espanta a fé era tanta
Que eu chamava a santa, Jesus é quem vinha
Já no fim do túnel avistei uma luz
E o homem da cruz se resplandecia
Apesar de ser noite, o escuro do túnel
Ficava mais claro que a luz do dia
Na terceira vez a luz tinha voz
E disse: Sois Vós o abençoado!
Daí por diante as portas se abriram
E é mais um CD que eu tenho lançado

Toca viola, que glória
Que o final da história ainda vou revelar
Muitas vezes eu desanimei
E até pensei em te abandonar
Voltando com fé a vida eu ganhei
Por isso jurei nunca mais te deixar

Eu já fui, já voltei
Várias vezes cruzei os pontos cardiais
Vales, montes e serras
Já pisei em terras internacionais

Ai aaii
Olaieê Laieê Laiaai
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados