O Menino Que Eu Era

Demétrius

Eu quero ser tanta coisa nos últimos tempos
Talvez porque eu não viva os melhores momentos
Poder sonhar e o que resta da vida que eu tenho
E da infancia que eu vivi trago as recordações

Eu quero ser o menino que eu era
E pensar que me espera, minha mãe a sorrir no portão
Eu quero ser o menino que eu era
Os amigos, amigos sem ter pedras na mão

É bom lembrar o meu pai com seu terno de linho
Que ao sair acenava pra cada viiznho
E o balancar do avô na cadeira de vime
A contar me as estórias que eu não consigo esquecer

Eu quero ser o menino que eu era
E pensar que me espera, minha mãe a sorrir no portão
Eu quero ser o menino que eu era
Os amigos, amigos sem ter pedras na mão

Eu hoje vi tantos fogos caindo no campo
O futebol, alegria virou desencanto
E nos jornais quatro querras seguiam matando
Não cresci para entender, tanto ódio assim[

Eu quero ser o menino que eu era
E pensar que me espera, minha mãe a sorrir no portão
Eu quero ser o menino que eu era
Os amigos, amigos sem ter pedras na mão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados