Cavaleiros do Céu

Denis & Demian

Boiadeiro errante
Diz a lenda do peão
Corria em seu cavalo
Pela noite do sertão
No céu porém a noite
Ficou rubra num clarão
E viu passar num fogaréu
Zé trovão

As rubras ferraduras
Punham brasas pelo ar
E os touros como fogo
Galopavam sem parar
E atrás vinham vaqueiros
Como loucos a gritar
As rédias a queimar na mão
Zé trovão

Ipiaiê, ipiaiô
Cavaleiros do céu

Centelhas nos seu olhos
E o suor a escorrer
Sentindo o desespero
Da boiada se perder
Chorando a maldição
De condenados a viver
A perseguir correndo em vão
Zé trovão

Ipiaiê, ipiaiô
Cavaleiros do céu

Um dos vaqueiros a passar
Gritou dizendo assim:
Cuidado companheiro
Tú virás pra onde eu vim
Se não mudar de vida
Tu terás o mesmo fim
Num raio descerá ao chão
Zé trovão

Ipiaiê, ipiaiô
Cavaleiros do céu

Ipiaiê, ipiaiô
Cavaleiros do céu

Cavaleiros do céu
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados