Ouvir Música

DPR (parte II)

Do Protesto À Resistência

Artigo nº 412 da lei da Rua:
Aqueles que o sistema não matou, a Rua contratou.
Parágrafo 13:
Nunca pague pau pra rei
Cole do lado de quem sempre se sabe, é oprimido pela porra da lei

DPR, é hardcore de rua sem cortes
com dedo levantado e apontado pra cara dos lóque
É HC + RAP, deixando os bicos em choque mais uma vez
Sem Nike no pé, ainda rimando em português

"A boca só se cala quando o tiro acerta"

Do Protesto À Resistência
infelizmente falamos de violência
Porque o sistema ainda é assim
Não é justo pra você, nem muito menos pra mim

E é por isso, que a gente rima assim
Os bico vê, se ataca e querem ser
Igual quem entra nessa guerra pra vencer
Mas respeito não se compra, se faz por merecer

Copiou, otário?

Do Protesto À Resistência
Assume a bronca e o que vier de consequência
A fita é dada e é só tomar a frente
A cena tá tomada e os loucos aqui tão consciente

Minha arma tá na mão, meu microfone tem gatilho
Quem sabe do que se trata, tá comigo e não dá milho
É letra de maloqueiro só pros que são verdadeiro
Que cola na humildade, mas sem querer ser espelho

É DPR

É DPR, é hardcore de rua sem cortes
Com dedo levantado e apontado pra cara dos lóque
É HC + RAP, deixando os bicos em choque mais uma vez
Sem nike no pé, ainda rimando em português

Não é camisa nem boné que me faz ser quem sou
Conduta e disciplina foi a rua quem me ensinou

Fico pique criminoso com lápis escrevendo rimas
Pique guerrilheiro entrincheirado nas esquinas
Com a mente bem treinada pronta pra debate
Aprendendo de quebrada o que na escola não se ensina

Fazer base pesada e me esquivar da cocaína...

Hu ha ha ha com a cocaína eu vou para
Hu ha ha ha eu sei coca eu sei que mata
Hu ha ha ha porisso eu tenho q para de cheira ha ha
Nessas eu não posso desanda

E assim vou prosseguir
E meu caminho firme e forte construir
Fazendo oque faço, sendo quem sou
Mesmo sabendo que algum mano desandou

Pela minha frente encontro vários que não entendem, mas..
Mas mesmo assim to firme e forte persistente
Vou me esquivando o tempo todo do injusto na minha frente (Sai de reto)

A gente vem quem é quem depois de um tempo
Quem tem conceito veja bem, veja bem
Quem ta andando pelo certo sem tirar ninguém
To me mantendo em pé e acreditando.
E do caminho dos Policia me esquivando

Só lamento pra quem foi
Num aguento né?
Aquele salve pra quem fica

Caminho firme e forte ainda acredito
Eu me esquivo do olhar do injusto
Do dedo que me aponta e me condena a todo tempo
Ta querendo ver minha queda a todo custo
A todo custo
Mas não vai ver
Pilantra nenhum vai ver
O meu corre tem proceder
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não