Coração Blindado

Eder de Oliveira

Tomei as rédeas do meu coração,
Já passou da conta não tem jeitô não,
É muita teimosia de uma coisa só,
Melhor parar de vez pra não ficar pior,

Coloquei de vez um pontô final,
Disse com todas as letras, não me leve a mal,
É que eu to vacinado, coração blindado
Contra esse jogo de amor fatal;

Esse coração não me deixava em paz
Disse de uma vez que não era capaz,
Que não agüentava sofrer desse jeito,
Batia feito um louco aqui dentro do peito,

Se for pra ser tem que fazer valer,
Mais se não for tem que deixar de ser,
Chega de enrolo, não quero esse jogo,
Quero te esquecer;

Coração blindado já não sofre mais,
Hoje bloqueado agora tanto faz,
Já não tem mais medo, não tem incerteza,
Porque tudo isso já ficou pra trás,

Coração blindado já não parte mais,
Virus como esse não pego jamais,
Pode tentar tudo, revirar o mundo,
Seu tiro de doze nem efeito faz.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados