Chorinho de Magoa

Edu Lobo

Ele: - Ah, morena cor de mágoa
cor de noite quando tarda
cor de festa, cor de longe
infinita cor da Estrada

Ela: - em você todas as cores
dos sonhos, da madrugada
de um país, de uma cidade
de uma casa abandonada
são as águas de um riacho
onde peixes, passarinhos
por acaso um caminhante
são ramagens meu caminho

Ele: - São as cores da neblina
onde agora moram os anjos
com a morena se encontraram
eram santos, são humanos

Ela: - Cor de mão, desenho, gesto
de quem pede, de quem busca
cor de paz que nunca mais
cor de medo, cor de fuga

Ele: - cor de água quando escorre
cor de amor quando se entrega

Ela: - cor de "nada" do sem jeito
cor de "não" quando se nega

Ele: - Ah, morena cor de mágoa
vim do Norte, vim correndo
bem defronte aos teus olhos
vim sair na beira-mar

Ela: - Eu também perdi meus dias
nesse mar, nessa saudade
te esperava mas não vinhas
vens agora, mas é tarde

Os dois: - Em quadra de lua cheia
fecha o chôro que se acaba
nas três cores do meu mundo
saudade, morena e mágoa
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados