Numa Primavera

Elipê

Cada momento que eu suportei
Cada segundo durou dez mil anos
Imerso num mundo tão meu e cego para o sol
Nasci devagar quando vi os olhos teus

O mundo parou de girar quando um beijo aconteceu
Uniu-se o céu e o mar
Ao abrir os meus olhos te vislumbrei em paz
Um anjo se fez mulher

Refrão
Sob os meus pés o sol
Queimou meu passado com seu véu
Sobre sua pele o mar
Onde eu pude ancorar o meu navio só
Enfim...

Como Morpheus acordado entrei no seu olhar
Dentro de ti dois diamantes a brilhar
Selado o destino somente me entreguei ao mel
Senti o sabor doce e quente dos lábios teus

Na primavera ouvi um canto me encantar
O seu desejo ao ar
Em suas mãos alcancei o verso mais fulgás
O fardo me fez voar

Refrão
Sob os meus pés o sol
Queimou meu passado com seu véu
Sobre sua pele o mar
Onde eu pude ancorar o meu navio só
Enfim...

Você me abriu a janela da alma
Vejo nos teus olhos o amanhecer do mundo
Como quem sabe esperar pela vida inteira
É quando um homem descobre o que significa amar uma mulher
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados