Sobreviver

Emboscada

Chegou o momento impossível de usar a sensatez
Toda lealdade ficou pra trás, escolha ganhar ou perder
Impossível não lamentar pelos olhos fundos
E os pés, quase asfálticos, que lutam pra sobreviver

A minha e a sua idéia de mundo
São tão inúteis quanto se arrastar ao chão
É um vazio que vive implorar
Alguém pra transformá-lo em ação

É moldado de belos traços da morte
Lapidado com descaso gigante
Permanecendo a vontade de sobreviver
Numa luta que corre as entranhas da carne

Um vício adequado à imensa população
Uma plebe que canta com fome
Mais um gole, por favor!
Me faça saciar a sede de vida

Eu preciso gritar
Este grito é do povo
Que quase não possui mais voz
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados