Ouvir Música

Flagrante

Fim do Silêncio

Pode vim parar, pode vim revistar;
O flagrante já foi pra mente só pra amenizar;
Os puta fardas explodiram a cabeça de raiva;
Enfiaram a mão no meu bolso;
No meu saco e não acharam nada;
Revistaram a minha cheveteira e não acharam nada;
Malandro que é malandro;
Assim como eu nunca deixa falha;
Perguntas mais perguntas me cutucam me pressionando;
Com uma arma apontada para mim;
Querendo levar eu na crocodilagem;
Pode falar, pode espernear;
Blá, blá, blá que não vai pegar nada;
Polícia polícia uma puta palhaçada;
Eles se acham grande homens;
Com aquela porra de farda;
Eu falo assim por que a vida é assim;
Liberdade de expressão aqui quem fala é Nebe;
Então caminha pra cima se quiser ver;
Por que aqui otário não tem não tem;
Vacilão aqui não paga não paga comédia pra você.

(2x) Não tem flagrante não, não tem flagrante não;
Já bolou, acendeu, virou fumaça, subiu pra cuca;
Fim do Silêncio não deixa goela;
Malandro que é malandro sempre segue o ritmo da favela.

Mais uma vez eu vou falar;
Foda-se quem quiser acreditar;
Não estou aqui em cima pra brincadeira;
Com certos fulanos que só falam besteira;
Não arrumo treta, não tenho treta;
Ando muito bem sossegado na minha área;
Bairro São Mateus;
Pequeno, pobre e humilde mais um bairro meu;
Mais um bairro meu, mais um bairro meu;
Olha os otários aqui, os ratos cinzas estão ali;
Já deu para ver como sempre;
A polícia só existe para nos atormentar;
Comer coxinha na porta do bar;
Eu passo á pampa;
O bem bolado já foi bolado;
E me deixou á pampa;
E fudeu os cuzão já vem com a mesma conversa de sempre;
Doidos para me enrolar com o cheiro na mão;
Não adianta tentar me engrupir;
Esses caras só falam só falam e me faz sorrir;
Usam coisas piores quero mais é que se foda;
Se foda, se foda, se foda, se foda, áhaaaaa;
Polícia polícia se afunda na química;
Sou BN e não dou a mínima;
Polícia polícia se afunda na química;
Sou BN e não dou a mínima, por que.

(2x) Não tem flagrante não, não tem flagrante não;
Já bolou, acendeu, virou fumaça, subiu pra cuca;
Fim do Silêncio não deixa goela;
Malandro que é malandro sempre segue o ritmo da favela.

Se a polícia sempre acha no empurra empurra;
Se te encontra na rua certamente embaçará na sua;
Então chegamos em uma conclusão;
Homens dominados pela farda;
Todos eles de mente fraca;
Enquanto o tempo passa e passa;
A polícia parece que mais embaçava, enrolava;
Todos de guarda com a lanterna na mão;
Pensamento não é bom;
Uma luz forte clareava o meu rosto;
Mas que desgosto;
Revidava, apertava;
O meu saco e nunca achava nada;
Polícia é só palhaçada é só palhaçada;
Por causa de um baseado eles fazem uma puta palhaçada;
Não tem então não tem não tem então não tem;
Eles não são mais espertos que eu;
Por que na minha concepção, na nossa concepção;
A humildade e a dignidade estão em primeiro lugar;
HC sabe muito bem como se controlar;
Nessas condições desesperadas;
Eles sabem que todo mundo ta legal;
Que os caras vêm chegando sem nenhum baseado;
Você se ligou, você entendeu;
É por isso que eles têm muita raiva;
Foda-se, foda-se, foda-se;
Quero que eles vão todos para a terra da desgraça;
Eles querem ver você fazendo tudo que eles fazem;
Mas ó deixa pra lá, mais ó escuta só então;
Na mini cauda não tem resposta;
O flagrante já era ralou peito;
Sem desarmar que aqui nunca deixa goela;
Não deixa goela goela goela.

(2x) Não tem flagrante não, não tem flagrante não;
Já bolou, acendeu, virou fumaça, subiu pra cuca;
Fim do Silêncio não deixa goela;
Malandro que é malandro sempre segue o ritmo da favela.

Vai liberar agora esquece;
Que a fumaça suba há;
Vai liberar agora esquece;
Que a fumaça subirá há háaaa.

É Fim do Silêncio;
Mente amenizada e idéia consciente pra vocês;
A Família DRR Homens Crânios;
Manda aquele salve;
E pra todas as periferias paz.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não