Estradeiro

Fogo de Chão

Lá vou eu estrada afora ver a tropa na invernada
Vou levar sal no rodeio e voltear a bicharada
Dura lida de campeiro que pra mim não custa nada
No labor de um dia inteiro sempre boto alguma armada (Eu sou campeiro e conheço este chão
De tanto andar encontrei meu rincão
Cavalo bom no potreiro, churrasco e um bom chimarrão
São valores que um gaúcho guarda no seu coração
No raiar de um novo dia vou mirando a alvorada
Tudo pra mim é poesia tendo ao meu lado a minha amada
No meu rancho a beira do mato canta alegre a passarada
E sorvendo um mate amargo dou adeus pra madrugada
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados