Ouvir Música

Cérebros de quem?

Fora da Lei

Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?

Alegria de pobre é se ver no noticiário
Com cara de idiota, respondendo algo errado
É onde coisas sem sentido ganham à multidão
E rico que bandido só é mera citação

É assim dia após dia, estão sempre ocupados
A caça de notícias que envolvam algum otário
Mas a integridade de quem manda na nação
Não pode ser manchada pela "Foia" ou o "Estadião"

Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?

Minuto a minuto, só o caos da internet
Crimes virtuais, impunidade quase certa
E a televisão com o mundo em suas mãos
Vício ou hipnose? Só se sabe que é "bão"

E pela inocência desses dias sou culpado
Curvado diante a "Grobo" como um subordinado
São os tempos de crise em que a política perdeu
Só resta a nova ordem ter a imprensa como Deus

Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?
Cérebros, cérebros de quem?
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados