Ouvir música

ver todas as músicas

João e o Pé de Maconha

Galo Frito

Era uma vez um menino que
Se chama joão
Só tinha 12 anos e
Ouvia funk ostentação

Sua mãe perguntou
Oque quer ser quando crescer?
Oh minha mãe
Cafetão eu quero ser

A mãe alcoólatra resolveu incentivar
Pois dinheiro pra heroína aquilo iria dar
Tinha uma vaca em casa
Sua irmã uma vadia
Resolveram vende-la já que se prostituía

A rumo da cidade grande
Pra vender a vaca
Foi parado por um mendigo
Que gostosa caraca!

Então joãozinho ofereceu a irmã
Pra quele marginal (a-a-al)
É 100 conto o pacote completo
Só não inclui anal (a-a-al)

Olha meu rapaz dinheiro eu não tenho nenhum
Mas tenho esse beck mágico 50 por 1
Ele pegou o baseado e deixou a sister
Já botou mc pika pra tocar no micro system

Quando acendeu o beck sua mãe entrou no quarto
E deu-lhe um tapasso "não vai dividir o barato?"

A pira não bateu
Foi enganado com aquilo
Jogou pela janela
A perninha de grilo

Um pé de maconha gigante
No seu jardim cresceu
E quando ele chegou no alto
O gigante adormeceu

Bateu a larica mesmo sem fumar nada
Olhou pra dois ovinhos "porque essa porra é dourada"?

Quando pegou nos ovos
Não saiam do lugar
Ele deu uma puxada
"Porra,sem me pagar um jantar"?

Com o berro do traveco o gigante acordou
O povo foi pra rua mais logo sossegou

Assustado com aquilo
João se jogou de lá
Ele caiu no chão
E fez a pira passar

Nada disso aconteceu
Ele só tava doidão
O mendigo que vendeu
Maconha com dolly pro joão

Nada disso aconteceu
Ele só tava doidão
O mendigo que vendeu
Maconha com dolly pro joão

Maconha,maconha
Maconha com dolly pro joão

Maconha,maconha
Maconha com dolly pro joão