Ouvir Música

Solidão/ Amor Clandestino/ São Tantas Coisas

Gian e Giovani

Alguém me falou que você me enganou
Eu não posso acreditar
Eu preciso saber se foi mesmo você
Que mandou me avisar

Eu preciso partir sei que não vou resistir
Essa solidão do amor para o meu coração

Quando a porta se abrir, você vai sair
E pedir que eu esqueça
Toda vez é assim, vai fugindo de mim
Quase perco a cabeça
Quando o relógio avisa, visto a minha camisa, me escondendo da dor
Nem bem a porta se fecha, você me esquece no elevador
Fica a sensação, que essa nossa paixão é um caso sem jeito
Pra te amar outra vez, lembro o que a gente fez, te procuro no peito
Só encontro um vazio, feito um peixe sem rio, me falta um pedaço
Sinto então sua boca, e o meu corpo sem roupa dentro do seu abraço

Esse amor de momento, quase nunca tem tempo, é feito as pressas
Não divide segredos, não tem paz nem sossego, não admite promessas
Esse amor clandestino, faz de mim um menino, que ao dormir também chora
E adormece querendo, te ouvir me dizendo: "nunca mais vou embora".

São tantas coisas
Só nós sabemos o que envolve o sentimento
O nosso amor está magoado, mas eu tento
Dar vida a minha vida que entreguei em suas mãos
Nossos momentos
As nossas brigas nosso louco juramento
E esse medo de perder você que amo
Me faz tão fria e indiferente as situações

Vou confessar
Renunciei você de tanto louco amor
Mesmo morrendo sufoquei a minha dor
No quarto escuro do meu ego sem resposta
Não acredito, que conheci você acaso do destino
Foi Deus que trouxe e te pôs no meu caminho
Pra me mostrar que não sou nada sem você
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados