Mateando Saudades

Grupo Cordiona

Mateando sólito ao entardecer
Olhando horizontes, tentando te ver
Vou remoendo o pito bem devagarinho
E a saudade impede de eu te esquecer

A china matreira não entende a alma
De um poeta que fala sem te dizer nada
Somente a cordeona e o meu cusco amigo
Parceiros queridos nesta madrugada

Lembranças doídas, lágrimas sofridas
Que tanto judiam do meu coração
Lembro dos teus beijos, do amor tão lindo
Mateando saudades com a solidão

Requento a água pra matear saudades
Mas que, na verdade, não adiantou
Afogando as mágoas no trago de canha
Disfarçar que esqueço quem me abandonou

A estrela d'alva traz o amanhecer
No brilho dos astros, vejo seu olhar
Encilho meu pingo e saio pro mundo
Na esperança de, um dia, te encontrar

Lembranças doídas, lágrimas sofridas
Que tanto judiam do meu coração
Lembro dos teus beijos, do amor tão lindo
Mateando saudades com a solidão

Lembranças doídas, lágrimas sofridas
Que tanto judiam do meu coração
Lembro dos teus beijos, do amor tão lindo
Mateando saudades com a solidão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados