Gaúcho Don Juan

Grupo Matizes

Eu tenho a minha vida de campeiro
Trabalhando o dia inteiro na fazenda do patrão
A noite eu acendo meu palheiro
Solidão de violeiro é que nem potro redomão

No outro dia cedo o bicho pega
Peão valente nunca nega, nasceu pra aguentar o tirão
No fim da lida tô “vortando” para os braços dela
Que é dona desse xucro coração

Meu pala gaúcho nos protege do frio
E o meu aba larga, contra chuva e mau tempo
Com ela nos rodeios paletiada, pilchadito de mão dada
Don Juan mais pacholento

Um dia bonito, de sol e calor
Ela é minha rosa, sou seu beija-flor
Quem disse que bacudo, não namora, não dá beijo, ignora, não deem bola por favor
Gaúchão do Amor
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados