Ouvir Música

A Praga

Haikaiss

[Spi]
Brindei my fucking day
Geração de reis dais quais eu enterro
Mano, eu brindei my fucking day
Pelo o que eu sei, mudaram o critério

Brindei my fucking day
Pelo o que eu sei, mudaram o critério
Mano, eu brindei my fucking day
Geração de reis dais quais eu enterro

[P. Qualy]
É grave pra quebra vidraça
Arruaça
Bumbo que encaixa com a voz
Quincaxacacaxa
Estamos em temporada de caça
E aí, rasta?
E se os policia passa, não acha
Desembaça, tô limpo e passei batido
Guerreiro Damassaclan!
Pode tenta amedrontar
Pode tentar tirar todos os bancos da van
Lidamos com a crise
Bom dia, Vietnã!
Cidade metropolitana, onde a liberdade te priva
Minha banca se esquiva nas ruas onde o choro é livre
Mas choro não é sempre que livra

[SPVIC]
Grave pra quebra a vidraça
Arruaça
Bumbo que encaixa com a voz
Que encaixa com a caixa
Haikaiss no palco é espetáculo
Meça um quarto do novo século
Vê-lo pelo sopro do oráculo
E só calculo e evito ano sabático
E nóis num cabulo, só que acumulou faixa e sínicos
150 Anos!
Vínculos com esses círculos
Somos químicos
Tru, vamo!
Aprendo a verdade, aviso o prejuízo
Compro a cidade no lance no piso
Miro no teto do próprio edifício
Piso leve na casca do ofício
Vício dessa mulecada distinta
Brinca com a vida como não se brinca
Controla a brisa que eu trampo com 32
Vagabundo loco pra ter briga

[P. Qualy e Spinardi]
Imagina a família contra? Então não complica
Sublinha família, pois não sabe o que significa
Publica mas vi que não rubrica
Sem intriga, Damassaclan se aplica
O bonde tá de pé, quando tu quiser
Pra sempre manter, proceder
Líder, o que não falta é respeito!
Mano de fé incentivo a meta
Só o verde, sem pó, sem vender, sem roubar
Sabe o jeito!

[Spinardi]
Brindei my fucking day
Geração de reis dais quais eu enterro
Mano, eu brindei my fucking day
Pelo o que eu sei, mudaram o critério

Brindei my fucking day
Pelo o que eu sei, mudaram o critério
Mano, eu brindei my fucking day
Geração de reis dais quais eu enterro

[Spinardi]
Sai da prótese pra tu ver o bang crescer
Dmc sobrevivendo no inferno
Olha aquele velho vestido de terno, Jão
Só uma prova que há ilusão presente na ocasião
Na pista eu vejo a raspa da baba
Antes da garota que oferece sua raba
Boiada, bombada e na balada de sardana
Eu vejo o preço que se paga
Cada coletivo e seus afazeres
Vejo meus amigos como os melhores
Não como tu queres
A pista ta uma uva!
Chapa nem se preocupa
Procura-se a ironia? Liga a TV
A dança do PT, PSDB
O que nois vai fazer? Po
Vendo povo se fuder
Juventude dança a valsa com o HIV
Porra, Damassa acabando com a zorra
Se nao bota fé só que a vida é única, é cínica
Sólida, é música
Porra, Damassa acabando com a farra
Que eu levo na marra
Na ginga de paulista, na bronca de caiçara
Damassa é fumaça, é uma raça, é uma praga, porra

Brindei my fucking day
Geração de reis dais quais eu enterro
Mano, eu brindei my fucking day
Pelo o que eu sei, mudaram o critério

Brindei my fucking day
Pelo o que eu sei, mudaram o critério
Mano, eu brindei my fucking day
Geração de reis dais quais eu enterro

[P. Qualy]
Spi, tem mano querendo levar as mina pra grupo
Sem ter feito minhas frases
Fala mal do meu trampo, mas se tromba na minha frente
Vai pedir pra fazer as pazes
Boate com o Haikaiss milianos
É 1.000 manos de fé, 2.000 minas de classe
E tu só vai pegar alguém
Quando teu show parar de ser
A proporção de 20 homens para 7 rapazes
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não