Ouvir Música

Rubaiat

Helton Moura e o Cambaio

O vinho é pérola na concha da língua,
O sol que abre a rosa d'aurora menina
E abrasa e deleita com luz que embriaga.
O vinho é tapete na tenda mais íntima.

Quem bebe do sol, do seu álcool vermelho,
Já sabe das vinhas os místicos beijos
E bebe o incêndio em oásis de prata.
Que bêbado sol, de deserto e desejo!

A tinta das uvas em poças na pele
Desenha espinhos de púrpura e neve
Na areia tão limpa de tez desmaiada.
Quem bebe do vinho já soma as febres.

O vinho é cítara, cálice de prata,
Ébria concubina, rosa desmaiada,
Aurora vermelha, manhã de domingo.
Líquido tapete, dança que embriaga.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados