Independência Alienada

Intento Hostil

Dissimulação imprevisível, constante e
incoerente
Noticias que são fatos, impérios dependentes
Nação submetida,
nação prorrogada, somos filhos sim
Só não vejo a pátria amada
Guerras,
promessas, corrupção,
Apenas ironia, sove vejo ilusão
Realidade, resistência
ganância, poder
Vês eu vejo, vez você vê!
Escravos trabalham e porcos
engordam
Pois eu digo não

Manifesto minha ira
Coloco em pratica a
questão

Porcos engravatados alimentam o poder

O tempo que não volta
A
paz que não se encontra mais
Faz parte de rotinas
E noites cada vez mais
curtas

O que me faz prosseguir é a razão de acreditar
Que não estamos aqui
em vão
Serão apenas sonhos?
Não quero ser o que não sou
Alguns instantes
congelados
Nada restou, nada restou

Sonhos despedaçados
Independência
alienada
Instantes congelados

Sentindo as dores da opressão
Carregando o
peso da enganação
Não queremos mais existir
Nesta nação submetida à corrupção.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados