Sol de Verão

Irerê do Brasil

Eu já fiquei sem camisa para ajudar os amigos
E sem cometer pecado eu já recebi castigo
Já puxaram meu tapete derrubaram meu abrigo
Quase servi de bainha para a espada do inimigo
Senti o cheiro da morte e vi a cor do perigo

De pedra eu já fiz cama de sereno o cobertor
Sempre encontrei espinho cercando a minha flor
Só recebi o desprezo quando ofereci amor
Cheguei a chorar sorrindo pra esconder minha dor
Só tinha o Sol de verão pra me dar luz e calor

Para não morrer de sede eu já bebi água quente
E pra não morrer de fome já comi casca e semente
Enquanto outros comiam a fruta na minha frente
Fui um elo que ninguém queria por na corrente
E já me senti sozinho no meio de muita gente

Finalmente minha estrela surgiu e resplandeceu
Cheguei aonde eu queria com a fé que Deus me deu
Dou ajuda a quem merece perdão a quem me ofendeu
O que me faz esquecer todo o sofrimento meu
É bem lembrar que Jesus sofreu muito mais que eu
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados