Lombongo

Kalibrados

Levando ondjanga inhi ola
Nesta vida é preciso saber andar
Lombongo não é tudo
E a maior riqueza do homem
É a família mandjangue

É o sorriso de uma criança
É a proteção de ngana n'zambi mama
Eu sou um homem vencedor meu nome é tomas
Não nasci no berço de ouro como os demais
Minha mãe morreu quando nasci o pai nunca conheci
Criado por uma tia no maculusso cresci

Aprendi vi que angola não é pais para pobre
Então lutei arduamente para erguer o meu nome
Com uma micha daqui, mais uma micha dali
Com trabalho e fé vi minha vida subir
Agora sou patrão o Tomás o Bossanga
Quem não me conhece não conhece Luanda

Empresário parrudo trabalhador compulsivo
Não tiro férias a anos, mantenho no activo
Meus amigos hoje são apenas os sócios
Falamos de tudo desde que o assunto seja negocio
A cacorrafiofobia fobia faz-me não desistir
E faço contas até mesmo quando estou a dormir
Sou um homem muito ocupado, estou com cabelo grisalho

Não tenho tempo para nada sou escravo do meu trabalho
Mulher reclama, reclama mas rapidamente cala
Porque ofereço-lhe um carro e um mês de férias em Itália
Meu filho portou-se mal agora também responde
Disse que sou um pai ausente, estou sempre bué longe
Pirralho mal agradecido que vive como rei
Eu dou-te tudo de bom para ti e para tua mami

Completaste 18 anos ofereci-te um Ferrari
Tua mesada é salário de muito pai de família
Não admito em minha casa teres tal ousadia
Dinheiro não paga o sorriso verdadeiro de uma criança
E nem compra amizade sincera de quem te ama
Dinheiro não paga a tua ausência no lar
Dinheiro kitadi e lombongo não compra o amor
Pai nossas vontades eram convergentes
Agora nossas decisões so são divergentes
Nosso amor não tinha tempo nem espaço existente
Hoje os nossos encontros são meros acidentes

Um amor que era platónico surreal
Hoje o barco esta sem rumo perdeu seu mentor
Nos os tripulantes clamando atenção e amor
Que saudade de sentar no teu colo
De qualquer turbulência que a circunstância emite
Filtro das lições de vida, que a vida transmite
Reconheço que te crucificas te sacrificas
Mas nada justifica quando a família abdicas
Ganhas no trabalho e perdes no amor
Para ti tudo tem um preço e nada tem valor

Dinheiro não paga o sorriso verdadeiro de uma criança
E nem compra amizade sincera de quem te ama
Dinheiro não paga a tua ausência no lar
Dinheiro kitadi e lombongo não compra o amor
Eu sempre ouvi dizer que família vem em primeiro
Mas se pelo teu dinheiro tu perdeste a família
A questão que te coloco é quanto custa o teu dinheiro
Tu não estavas la no parto

Não estavas com teu filho quando deu primeiro passo
Primeiro chute na bola primeiro dia de escola
Talvez seja por isso que em vez de papa
Primeiro o teu filho disse o nome da baba
Carros joias ou bens materiais
Não pagam todos os momentos onde não estas
A quanto tempo não das

Um abraço ao teu filho um beijo a tua esposa
Dizer o quanto amas sentar para uma prosa
E pese embora o que tens, Aquilo que tu não vês
É que sem família és um pobre rico com bens
Pequenos detalhes vão fazendo a diferença
E todo teu dinheiro não cobre a tua ausência
E pelos cantos da casa vai se ouvindo aquela voz
Papa tem dinheiro mas não tem tempo para nos
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados