Contramão

La Viela

[Ga]
Quantos se foram em vão
E quantos ficaram no meio
Meu chapa a vida bem louca
E o tempo é mais que dinheiro, lara
Vê se nem me aluga hoje
Que atualmente é sem brincadeira
Sem pensa nem para tanta informação
Que esses cuzão nem flagra
Quantos se foram em vão
E quantos ficaram no meio
Meu chapa a vida bem louca
E o tempo é mais que dinheiro, lara
Vê se nem me aluga hoje
Que atualmente é sem brincadeira
Sem pensa nem para tanta informação
Que esses cuzão nem flagra

Em contra mão jão
Pouca solução
Como entre linhas em espécies
Corpos e preces até se parecem
E aparecem pra causa tormento
O lamento da tia, oh
Que incentiva, oh
Os menor nasce pronto pro jogo
Desce pro asfalto sangue no olho
A tendência da trama é pipoco, plow plow
Mais um livro que acaba mais cedo da medo até de olhar
Cortina da esquina tá suja de sangue
A maldade estampada no olhar
Sem medo de errar vai quem tá ali sai
O quanto antes se puder da cena
Grades e algemas são dilemas
Que aprisionam sua mente no poço
A corda e pescoço arde no osso
A vivência de tempos atrás
Sem pensar no que foi, vai
Já nem dá mais
A esperança é foca nos demais
Sem pensar no que foi, vai
Já nem dá mais
A esperança é foca nos demais
Sem pensar no que foi, vai
Já nem dá mais
A esperança é foca nos demais, paz

Quantos se foram em vão
E quantos ficaram no meio
Meu chapa a vida bem louca
E o tempo é mais que dinheiro, lara
Vê se nem me aluga hoje
Que atualmente é sem brincadeira
Sem pensa nem para tanta informação
Que esses cuzão nem flagra

[VH]
Vários nome cobre o muro, tio
Vários some só com um murro, tiro
Vários morre porque é burro
E aquilo que eu sei na mente um sussurro
Moleque, é o coberto te cobre
Postes e torres e os fio de cobre
Nas pele e o couro e quem te cobre?
Corrida no mundo e ouro e cobre
Uma rede de sonho pela rua
Tumulto e vultos passando avoado
Trabalho no punho rascunho da vida de
Mais um testemunho que faço
Do povo vila que se desenvolve
E sempre se envolve na busca de mais
Ideia dissolve dentro da cabeça
Nem sempre resolve não olhar pra trás
São objetivo voltados pra frente
Querem que eu enfrente toda turbulência
São meus motivos por cada escrita
E grita lá fora sua sobrevivência
Tempo é dinheiro mas é muitas coisas
Coisas das quais eu não vou dispensar
Lembrar dos problemas tem vezes que é forca
Ou força pra nóis não parar de pensar, vai

Quantos se foram em vão
E quantos ficaram no meio
Meu chapa a vida bem louca
E o tempo é mais que dinheiro, lara
Vê se nem me aluga hoje
Que atualmente é sem brincadeira
Sem pensa nem para tanta informação
Que esses cuzão nem flagra

Mano, munição sem premonição
Sem animação, mó mutilação
Povo multidão, mundo lotação
Não tem solução
Eu tô no corre jão
Mano, munição sem premonição
Sem animação, mó mutilação
Povo multidão, mundo lotação
Não tem solução
Eu tô no corre vai

[Ga]
Quantos se foram em vão
E quantos ficaram no meio
Meu chapa a vida bem louca
E o tempo é mais que dinheiro, lara
Vê se nem me aluga hoje
Que atualmente é sem brincadeira
Sem pensa nem para tanta informação
Que esses cuzão nem flagra
Quantos se foram em vão
E quantos ficaram no meio
Meu chapa a vida bem louca
E o tempo é mais que dinheiro, lara
Vê se nem me aluga hoje
Que atualmente é sem brincadeira
Sem pensa nem para tanta informação
Que esses cuzão nem flagra
Uh
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados