Ouvir Música

Filha Do Caminhoneiro

Leide e Laura

Dia e noite mês e ano
Na solidão da estrada
Entre chuva e sol ardente
Neblina pó e geada
Seguia um caminhoneiro
Em sua dura jornada
Com suor e muita luta
Não deixava faltar nada
Pra sua filha querida
E sua mulher amada
De regresso ao seu lar
Numa fria madrugada
Subindo e descendo serra
Levando carga dobrada
A saudade no seu peito
Era a carga mais pesada
O sono lhe golpeava
Mais não quis fazer parada
Para rever mais depressa
Sua família adorada

Na caverna do poente
A lua foi se escondendo
Numa descida de serra
A serração foi crescendo
Com a embriagues do sono
Em sua frente foi vendo
A estrada ficar estreita
E o mundo escurecendo
Se perdeu em uma curva
No abismo foi descendo

Quando o sol avermelhado
Foi surgindo no nascente
A cortina de fumaça
Foi se abrindo lentamente
Mostrando uma cena triste
De um drama comovente
Esse herói é meu pai
Que descansa eternamente
Vejo em cada irmão da estrada
A sua imagem presente.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não