Ouvir Música

Quem mora aí?

Lília Paz

Quem mora aí?
Casa abandonada no caminho
Tão cercada de espinhos
No lugar do seu jardim
Quem mora aí?
Dá pra ver em suas rachaduras
Que nenhuma criatura
Poderá viver assim
Quem mora aí?
De repente na velha janela
Aparece o rosto dela
Num aceno a dizer:
"Sou eu, moro aqui, sou a tristeza
Tenho a posse dela, com certeza"
Mas o dono perguntou: "Quem é você?"

Eis que estou a sua porta e bato
Venho no momento exato
Abre a porta para mim
Já tirei corrente e cadeado
Arrumei todo o cercado
Já cuidei do seu jardim
Naquela fogueira ali do canto
O Meu Espírito Santo
Queima tudo o que não presta
Sou Jesus e quero entrar agora
A tristeza eu ponho fora
Pra limpar tudo o que resta

Quem mora aí?
Casa ornamentada e arrumada
Ricamente perfumada
Por um perfume floral
Quem mora aí?
Dá pra ver de longe o seu brilho
Bem seguro vão seus filhos
Pra brincar no seu quintal
Quem mora aí?
A janela nova está aberta
Quem entrar na porta certa
Vai ser feliz de verdade
Contagia toda a vizinhança
Quem te viu te vê com esperança
Com Jesus é só felicidade

Eis que estou a sua porta e bato
Venho no momento exato
Abre a porta para mim
Já tirei corrente e cadeado
Arrumei todo o cercado
Já cuidei do seu jardim
Naquela fogueira ali do canto
O Meu Espírito Santo
Queima tudo o que não presta
Sou Jesus e quero entrar agora
A tristeza Eu ponho fora
Pra limpar tudo o que resta

Eis que estou a sua porta e bato
Venho no momento exato
Abre a porta para mim
Já tirei corrente e cadeado
Arrumei todo o cercado
Já cuidei do seu jardim
Naquela fogueira ali do canto
O Meu Espírito Santo
Queima tudo o que não presta
Sou Jesus e quero entrar agora
A tristeza eu ponho fora
Pra limpar tudo o que resta

Sou Jesus e quero entrar agora
A tristeza eu ponho fora
Pra limpar tudo o que resta
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não