Ainda Vivo

Lukas Kintê

Eu vim pra ser o gigante no combate
Mas deixem as puta falarem negão
Calma e relaxe

Não tenho esse tempo todo que eles têm
Eu tenho preocupações que tira meu sono, meu bem
São vários anos que investi nessa daqui
E só tenho alguns minutos pra eu chegar e cuspir

Não se engane certo fi
Essa porra eu que fiz
Na moral, entre sonho e pesadelo eu estou aqui

Se eu for morrer é nós
Então é o que há
Dedicado aos meus planos e a quem eu posso amar
Comandando as minhas idéias
Em um plano real, vida fodida ou mil grau
Os gangue tem arsenal

Então sou eu mesmo o piva
Ô la de paripe, com o fone no ouvido e lombrando
Com b. I. G, tupac e tem jay- z
Spock e deneshi, diego e amendoim
E o bang segue assim negão

Os meus planos eles não caem do céu
Eu dedico a minha vida quando escrevo no papel
Se eu sou réu do que eu crio
Eu vim pra quebrar espinhos
E abrir os meus caminhos, por Deus, por favor, fiquem frio

Eu me vi como refém das coisas que eu não sei
Me perguntei porque não temos essa porra também
E essa magoa, a vontade de foder como o mundo todo
Eu aqui fui esquecido, praticamente morto

Vários como eu
Que pensam que nem eu
Desistiram de tentar como se virasse ateu
Eu sou minha fortaleza
Eu acredito e grito

Na cabeça só armas, orixás e crucifixo
Procurando a solução, me fodendo nesse sol
Salvador quer me matar
Quer sugar o meu melhor

Não tem ciclone nem adidas que me faça melhorar
Só vejo gente, vingança
E a vontade de matar

Deve ser a suburbana
O ar da suburbana
Ela que me fez lembrar que o amor as vezes cansa

Não é questão de medo
É questão de apego
É questão de ver o copo cheio com tudo que almejo

Os meus planos eles não caem do céu
Eu dedico a minha vida quando escrevo no papel
Se eu sou réu do que eu crio
Eu vim pra quebrar espinhos
E abrir o meus caminhos, por Deus, por favor, fiquem frio

Tá entendendo irmão, não é complexo
E é tão real que acaba sendo um bagulho sem nexo
Foi que nem com meu pai ele teve uns sonhos
Nas noites mais frias
E os sentimentos nos momentos medonhos

Me vi assim pronto para desistir
Me vi cair, me vi mentir, me vi lutar pra tá aqui
Me falaram logo agora, nessa altura do jogo

Cê dá sua mulher pros outros foder gostoso
Aí pensei: Vou bagaçar man
E ver da colé
Quase que me mataram por causa dessa mulher
E ela é puta, é vadia, vaca descarada
A vontade que eu tenho é só de gozar na cara

Cruel como os heróis na madrugada
As fuga nas calçadas
As ideia mal dada
Os piva em laranjada

Vou no caminho que oxalá quer me guiar
Sei respeitar, mas se me testar eu sei odiar

Os meus planos eles não caem do céu
Eu dedico a minha vida quando escrevo no papel
Se eu sou réu do que eu crio
Eu vim pra quebrar espinhos
E abrir o meus caminhos, por Deus, por favor, fiquem frio
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados