Ouvir Música

O Brasil Quer Mais

Lupe de Lupe

Infelizmente não é pra qualquer um, comer pedra feito pão
Às vezes vocês até conversam, mas às vezes vocês saem na mão
Tentar ajudar quem precisa faz diferença ou não?
Infelizmente é música violenta e sobre amor
E infelizmente eu julgo e me acho no direito de julgar

Você julga gente de esquerda que acredita em político
Que ficou super mordido quando sua presidente caiu
Que gritou: Fora Temer
Você julga gente de direita que acredita em polícia
Que não segue suas normas e conceitos
Que é o cínico mais crente que você já viu
Você julga gente que não liga pra política
E que acredita na justiça e que político é tudo ladrão
E que o juiz e o advogado não é ladrão
Mas quando a presidente precisou de vocês, vocês tavam se batendo
Quero ver bater panela e postar texto com o cu na mão
Você julga a menina que se diz muito feminista
Que sai na foto e é muito amiga do acusado de abuso machista
Você julga quem não é branco e que se acha muito especial
Que só dá valor pro que não vem de branco
Mas que namora um branco mente aberta e muito espiritual
Você julga a trans e diz que ela não é mulher
Mas você quer direitos iguais para todos
E festeja a diversidade nas festas da sua cidade
E dizem se o sapato não serve não devemos mudar o pé
Você julga a crente e fala que ela é intolerante
Mas você não namoraria um crente pois eles são todos muito ignorantes
Você julga o negro pobre moralista que dá palestra contra as cotas
Que diz que os negros não podem se diminuir
Que acha que só tem medo de polícia quem é bandido
Logo depois ele pergunta pros amigos se tem blitz hoje indo pro sítio
E a gente vai assim, procurando os erros uns nos outros
Sem ver os nossos próprios erros e contradições
Mesmo agora, você está tentando achar um furo no meu raciocínio
Elaborando uma forma de usar o que eu canto contra mim

Você me diz que o Brasil quer mais
Eu digo quer mais é se fuder
A gente ri e compartilha mais um meme
A gente ri sem nem saber porque

Infelizmente eu canto e faço música triste
Pois brasileiro às vezes é um bicho triste
Atos bondosos nem sempre são sábios
Atos maldosos nem sempre são tolos
Mas devemos lutar pra fazermos o bem uns pros outros
Infelizmente é música longa
Infelizmente não é aquela pra fugir da realidade
É aquela pra lutar com a realidade

Outro dia um músico que foi exposto no facebook
Me procurou pra saber porque eu disse pra não gravarem com ele
Se eu conhecia a menina, se eu conhecia ele
Se eu sou um justiceiro ou sei lá o que
E resolveu me ameaçar e me ameaçar pra que?
O rio carioca passava sob os nossos pés
E o novo líder da Rocinha era de GV, o que me fez lembrar
Do dia que o vizinho bateu na mulher
Ela pediu pra eu chamar a polícia
Então ele passou algum tempo na cadeia
Depois olhava pra baixo, andava envergado e envergonhado
Ninguém conversava com ele e ele não tinha um emprego
E eu me senti culpado, mas por que?
Eu vi a acusação, o crime e a punição
E talvez eu me esqueci de ver o perdão
Mas no final das contas o único perdão que importa
É o perdão da mulher abusada, surrada e assassinada

Quando perguntei pra minha melhor amiga ela disse que eu fiz certo
E que homem que bate em mulher tem mais é de se fuder
Depois foi criticar o senhor que disse que bandido bom é bandido morto
Os humilhados serão exaltados, os exaltados serão humilhados
E quando me perguntam se eu acho o linchamento certo
Eu lembro do condenado a 181 anos por 37 estupros
Que conseguiu direito pra cumprir em prisão domiciliar
Como diz pras pessoas procurarem a polícia?
Como diz que linchamento online não é certo?
Eu não sei como diz, eu não sei o que é certo
A violência sexual não começa e acaba com estupro
Ela começa na nossa educação, na nossa arte e na nossa TV
E acaba com mais um corpo jogado no esgoto
A gente lê a notícia e logo quer esquecer
E na festa ouve um Michael pra fingir que não quer ver
Depois compartilha o nome da Marielle Franco
Que ninguém conhecia, pra nunca ninguém esquecer
Mais uma que precisou de morrer pra você saber
Enquanto isso todos sabem quem são os merdas e quais são os seu nomes
E todo mundo acha que tá certo, é difícil demais

Você me diz que o Brasil quer mais
Eu digo quer mais é se fuder
A gente ri mas por dentro a gente chora
E não choramos à toa, não choramos à toa

Infelizmente eu canto como a vida é, imperfeita como a vida é
Sua arte é você e o que é real nunca vai morrer
E o país se comendo de dentro pra fora
Infelizmente não é todo mundo que tem o privilégio de ficar em cima do muro
O último país ocidental que aboliu a escravidão
Derrubou a sua primeira presidente mulher
Prendeu seu primeiro presidente operário
Infelizmente, infelizmente
Não é possível resolver os problemas do país com uma música
Eu sei bem que o mundo não é a USP, tem de ter consciência
Infelizmente o povo não come conceito
Infelizmente o povo não come educação
Infelizmente o povo não come arte
Infelizmente você julgou quando o homem deu o peixe e não ensinou a pescar
Mas você não pensou que pra pescar você precisa de antes estar vivo
Infelizmente o povo não come hospital
Infelizmente o povo não come futebol, não come carnaval

Ai meu Brasil
Vem mais uma copa, vem mais uma eleição
Eu tenho lutado a minha vida inteira
Eu tenho brigado a minha vida inteira
E por quê? Por quem eu amo? Por mim? Pelo nosso país?
Eu tenho tentado pensar além do tabuleiro, além da raiva e além do medo
Tentando ver o mundo com amor, mas às vezes é difícil demais, é difícil demais
Às vezes eu acho que o mundo não tem solução
Jesus não falou pra gente resolver o mundo
Ele não disse mudai-vos uns aos outros, ele disse amai-vos uns aos outros
Mas, Deus, como é difícil
A gente tem de se sacrificar por quem precisa
E ser responsável pelas próprias ações
E ser punido pelos próprios erros
E se aplaudir sozinho pelos próprios acertos
Tem muita gente por aí que só quer viver em paz, sem treta e sem briga
Mas o homem que quer paz e tem consciência limpa é porque tem má memória
Tantos corpos mortos e espíritos jazem aqui
Com amores e sonhos e dores iguais os meus e os seus
Eles foram esquecidos e nós também seremos, no caminho do sacríficio
Hoje eu corro o risco de todos pararem de me ouvir porque eu fiz essa música
Eu acredito que se você é responsável pelas suas ações, se você se sacrifica
Mil cairão à sua esquerda, dez mil à sua direita
Mas não chegarão a você
A verdadeira bondade está no sacrifício pela pessoa desconhecida
Fazer o bem não é fazer o bem quando não te custa nada
O caminho para o bem é o do sacrifício
É assim que eu pago de volta todos que um dia se sacrificaram por mim

O sacrifício de uma mãe
O sacrifício de uma política assassinada
O sacrifício de um policial
O sacrifício de uma ex-presidente
O sacrifício de um ex-presidente
E você acusado de abuso, o seu sacrifício
Para um dia a sua mãe, a sua filha, a sua namorada não ter que passar
Pelo que a mulher do seu lado passou
Eu te mostro o caminho, mas é preciso coragem pra se sacrificar
É preciso coragem
Prometeu
Meu irmão, meu inimigo
Debruçado sobre o balcão
Infelizmente é uma quinta-feira comum
Mas estamos vivos pra lutar e pra cantar
Que você me disse que o Brasil quer mais
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados