Mais uma vez

Macondo

Hoje eu te exorcizo
Com a força de poderes astrais
Te esqueço em vícios
E centenas de livros
Me entretenho entre os comerciais

Não quero choro nem vela
Nem frases feitas de efeito amador
Eu faço, eu fuço, eu fosso
E nesse troço de amor eu sai perdendo

AH,
Garota esnobe ve se não me amola.
AH,
Não sou seu animal
AH,
O seu cinismo loiro me apavora
Te mando pro inferno pra lá do Nepal.

Estou tão daun daun baby,
Sofri de mais
Estou tão daun daun baby
Não te quero mais.
Estou tão daun daun baby
Bem que eu tentei
Entrei no jogo de amador
E me enganei, mais uma vez.

Ódio é um eufemismo
Comparado ao que eu sinto por ti
Você ama os tolos
E se vale o consolo
Não te culpo mais também não perdou

E por mim mesmo vencido
Vou formando frases pra te esquecer
Insisto, invento...
contra-senso de ainda esta na sua merce

AH,
Essa sua pose vil não é de nada.
AH,
Posso ser mais bosal
AH,
Eu sei minha burrice é o que te tara
Te xingo por e-mail ou algo mais letal

Estou tão daun daun baby,
Sofri de mais
Estou tão daun daun baby
Não te quero mais.
Estou tão daun daun baby
Bem que eu tentei
Entrei no jogo de amador
E me enganei, mais uma vez.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados