Monólogo

Marcos Antonio

Se eu tivesse que contar as noites negras
Da minha vida
E as horas que eu tive que partir
Sem despedidas

Se eu tivesse que mostra as cicatrizes e feridas
Perderia todas as lágrimas dos olhos
Em forma de brisa

Cara você não conhece
O lado escuro dessa vida não
Cara, eu feri meu peito
E rasguei ao meio o meu coração

Quantas vezes eu sorri
Chorando por dentro
Eu tive que quebrar correntes
Demolir barreiras
Descer cachoeiras
Pra ficar aos pés da cruz

Ô, pai
Ô, pai, eu venci meu pai
Meu Deus, meu Deus
Eu venci meu pai
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados