Ouvir Música

1968 (Nenhuma Tarde Ruim)

Matiz

Como num segundo
Tudo muda de gosto
E de repente vejo uma só cor

O inesperado
Rouba meu tempo
De entender o que faço e desafio a dor

Pra onde vou eu não sei
Só sei que a sensatez
Não faz parte do meu plano

Não há fuga nem pretexto
Dicionário ou apelo
E não há nenhuma tarde ruim

Pra onde vou eu não sei
Só sei que a sensatez
Não faz parte do meu plano

É quando não há sentido
É quando não há coerência
É quando nada está sob controle

Renasço a cada instante
Aprendo tudo de novo
E volto pro antes

Sem discurso nem hora certa
De entrar em cena

Improviso um instante
Presa no impulso
Agora ando livre
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados