Ouvir Música

A Procura de Paz

Minas do Gueto

Quantos malucos ja se foram daqui
pa pa pa pa paz nunca mais
sentindo o gosto amargo da derrota
pa pa pa pa paz nunca mais

mal encarados, rostos morenos
cabelos encaracolados
aloprados de tenis, com a roupa sempre largada
saimos da periferia pra dar nosso recardo
atitude feminina e codigo penal, ta ligado
em violencia ñ nos leva a nada
em sao sebastiao, em planaltina
na parada e ñ da nada e ñ da nada
quem bagunça o baile, ta ligado
no outro dia amanheçe na bala
se ta morrendo e pq ñ ta respeitando
se curte o baile de boa
no outro dia amanheçe amando
por aqui na nossa area so nos resta paz
pode crer, codigo penal, atitude feminina e chega mais, chega mais
Jane veneno, Elen, Giza e Anynha
defendendo as donas da periferia
e segue a rima, e segue a rima, e segue a rima
ai bandido, vez ou outra leva tiro
sai voado das tretra, o matagal é o abrigo
explode a guerra, o odio em ebulição
os camaradas se matam, perigo sao sebastiao
eu peço a paz mais ai, a malandragem ñ liga
intimou ja é briga, preferem perder a vida
ou ter a cara rachada, socos, tijolo, paulada
se vacilar na quebrada, mais um malandro na vala
moleque doido andar a noite é perigoso
tome cuidado, ñ exite em pedir socorro
então meu irmao, pernas pra quem te quero
ou vc quer pegar a fila do cortejo pro cemiterio
ñ tem remedio, ou vc mata ou vc morre
se os homi pinta na quebrada ai cumpade corre
se cassou, se fudeu sujou, sujou
policia ou bandido, é morte pra quem procurou
maluco toca o terror, Jane veneno observa
sera que é rixa antiga ou é so lombra da erva
atitude feminina e codigo penal
se cassar treta na quebrada e vacilar é mal

Quantos malucos ja se foram daqui
pa pa pa pa paz nunca mais
sentindo o gosto amargo da derrota
pa pa pa pa paz nunca mais

Codigo penal e atitude feminina
procegue a rima, tipo na quadrilha
respeito é bom, mais ai pra quem merece
ser um bom malandro
ta ligado, quem conheçe
no sobe e desce, tipo subconsciente
quilombo df, pode crer bola pra frente
Gambel ta na area,pode crer então
planaltina é minha quebra, é matar ou morrer
é maconha, coca, ferro, carregado
ta ligado vei, mais um irmão derrubado
calçadas e muros, sujas de sangue
por todos os lados estilhaços de bala
morte nunca falha
criminoso demais, pt engatilhada
pode crer vei, demonios da madrugada
cadaver estirado, cena rotinera
vacilão na quebrada vira peneira
seja na 380 ou entao no oitão
muito inocente se fode, estourado no chão
bons na ideia tipo assim, influencia ruim
é Deus por todos, cada um por si
procura a paz irmão
morte na mão, velorio, caixão
é lei do cemiterio
as portas do ceu estão fechadas
aqui é codigo penal vei
sobrevivendo no inferno
das senzalas as favelas
das correntes pras algemas
na lei da rua molequin
malandragem vira esquema
escola um problema
os maloqueiro vem daquele modelo
tão ligado no sistema
quem quer a paz corre atras
ñ espera por ngm
se rola um desacerto sipa
daquele jeito, faz parte do vai e vem
e ai maluco eu sei, vc sabe tbm
pq na mira da lei
tem que sorrir pra ñ chorar
tem que esquecer o mal, pra praticar o bem
quantos malucos ja se foram daqui
sentindo o gosto amargo da derrota na favela enfim

Atitude Feminina - Letras
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não