Cidade Samba

Monjolo

Meu endereço sempre está
numa caixa de fósforo
E vou embora com o último palito
Na cidade que se anda a passos largos
que se anda, que se anda
Na cidade desesperada
Pessoas ensacadas, de olhos semicerrados.
Como se fizessem algo errado

Na cidade poluída
tem a fumaça, tem a dança
e uma ponta de esperança
de brilhar depois das cinco

Eu acredito no amor
e no barulho dos carros fretados
pra onde você for
por que dentro do meu espaço
Eu seguro e aperto o laço
e no muito do que faço
ainda deixo no ar...

No ar.........

Pra cidade sambar...

Marcos Alex: Trompete
Arranjo de trompete: Alfaia
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados