Ouvir Música

Seu Francisco

Morena Reis

Mas que vergonha, eu to aqui de novo
Porque ele gosta de me maltratar
O meu refúgio é esse bar de esquina
Onde eu bebo todas e posso chorar
E quando eu chego sou bem atendida

Todo mundo sabe porquê eu vim pra cá
Esse balcão aqui é meu divã
E o meu terapeuta é o dono do bar
Mas olha só eu já bebi de mais
Perdi a noção do tempo é hora de parar

Ô Seu Francisco, cê não tem dó de mim
Pra quê essa saideira?
Já to travada, cê tá doido eu to aqui desde segunda-feira
Se for por ele eu não bebo mais nenhuma gota de cerveja
To transformando minha vida de sofrência em moda sertaneja.

Mas que vergonha, eu to aqui de novo
Porque ele gosta de me maltratar
O meu refúgio é esse bar de esquina
Onde eu bebo todas e posso chorar
E quando eu chego sou bem atendida

Todo mundo sabe porquê eu vim pra cá
Esse balcão aqui é meu divã
E o meu terapeuta é o dono do bar
Mas olha só eu já bebi de mais
Perdi a noção do tempo é hora de parar

Ô seu Francisco, cê não tem dó de mim
Pra quê essa saideira?
Já to travada, cê tá doido eu to aqui desde segunda-feira
Se for por ele eu não bebo mais nenhuma gota de cerveja
To transformando minha vida de sofrência em moda sertaneja.

Ô seu Francisco, cê não tem dó de mim
Pra quê essa saideira?
Já to travada, cê tá doido eu to aqui desde segunda-feira
Se for por ele eu não bebo mais nenhuma gota de cerveja
To transformando minha vida de sofrência em moda sertaneja.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados