Amargurado/blusa Vermelha/na Hora do Adeus

Murilo Soares

Do que é feito daqueles beijos que eu te dei?
Daquele amor cheio de amor cheio de ilusão
Que foi a razão do nosso querer
Pra onde foram tantas promessas que me fizestes?
Não se importando que o nosso amor viesse a morrer

Talvez com outro estejas vivendo bem mais feliz
Dizendo ainda que nunca houve amor entre nós
Pois tu sonhavas com a riqueza que eu nunca tive
E se ao meu lado muito sofrestes
E o meu desejo é que vivas melhor

Vai com Deus
Sejas feliz com o seu amado
Eis aqui um peito magoado
Que muito sofre por te amar

Eu só desejo que a boa sorte siga seus passos
Mas se tiveres algum fracasso
Queiras que ainda te posso ajudar

Quando olho na parede vejo o seu retrato
As lágrimas banham meu rosto num pranto sem fim
Sento na cama e fico sozinho no quarto
Vem a saudade maldita se apossar de mim

Levanto, vou no guarda-roupa e abro as portas
Vejo a blusa vermelha que você deixou
Ai então desespero rouba minha calma
Eu saio na rua e até minha alma
Chora em silêncio ao sentir minha dor

Deus, o Senhor poderoso
Eu lhe faço um pedido
Mande um alívio a esse coração que sofre
Se ela um dia regressar eu lhe agradeço
Porém padecer como eu padeço
Prefiro mil vezes que me mande a morte

Na hora do adeus
Você olhou pra mim
E não acreditou
Ao ver chegar o fim
Tentou me seduzir
Chorando me agarrou
Seu corpo ofereceu
Pediu e suplicou
Me perguntou porque
Mas eu não respondi
Só pra não te ofender
Disse adeus e saí

Saí da sua vida
Eu só representava um cheque no final do mês
Você não respeitou quem te amou demais
Só abusou de mim e me passou pra trás

Saí da sua vida de cabeça erguida
Coisa que você não fez
Eu já chorei demais
Agora vem a sua vez
Eu acho que vai ser melhor
Melhor pros três
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados