Guerra Santa

Nemeziz

Acorda gigante, levanta do teu berço esplêndido
No leito estendido está toda contida a alma de uma
nação
Levanta e anda que na guerra santa querem te jogar
Amazônia é pulmão e o mundo precisa muito do teu ar

Refrão: Mas mesmo assim, ainda gostam de ti
Tua gente sincera, que tanto te venera...

Querem te tomar, te dominar, 'tão querendo te
sacanear
Espera que o povo vai estar junto de novo pr'a
reconquistar
Expulsa essa gente que se vende por um corte de Yves
Saint L'aurent
Expulsa na urna, no voto, que o voto é o teu amanhã

Refrão: Mas mesmo assim, ainda gostam de ti
Tua gente sincera, que tanto te venera...

Soltaram os fiscais, os vampiros, os Nayas, soltaram
os canalhas
A justiça é cega, é surda, é muda, às vezes corrupta
Futuro celeiro, Brasil, 'tão querendo te comer
primeiro
É boi gordo no pasto e no rastro da fome é o povo que
não come

Refrão: Mas mesmo assim, ainda gostam de ti
Tua gente sincera, que tanto te venera...

Duzentos bandidos tomaram de assalto o planalto
central...
Trezentos bandidos tomaram de assalto o planalto
central...
Quinhentos bandidos tomaram de assalto o planalto
central...
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados