Ouvir Música

O Inferno e o Céu

Norte Cartel

Do Rio de Janeiro, Norte Cartel, La Santa Mafia
União e respeito
Essa é nossa irmandade
Essa é a nossa fidelidade
É pra você parceiro!

Eu sei! A família onde que tá
A lei! Cada qual no seu lugar
A pista tá cruel no inferno ou no céu
Vendeta, La Santa Mafia, MTD, Norte Cartel

Fiel à tradição, de irmão para irmão
Falando de honra. Sou cria de São João
Representando o cartel de frente
Sentido ao norte, olhando pra frente
Agora mesmo sem tempo a perder
Assistindo você olhar pra mim e entender
Perseverança, honestidade, convicção
Unidade e respeito batendo no peito
Palavras que não aprendi na escola
Nas ruas represento o hardcore RJ
Vagabundo é codinome do malandro do passado
Vacilão vira comédia, mete o pé e sai voado
É assim meu bom. Respeito não se compra
Com os irmãos você só cola com anos de trajetória
O tempo é rei pra mostrar quem é quem
10 anos de amizade já contei e já ganhei
Assim mesmo na batida pelo rap que ensina
Oldschool é o estilo da santa família
Nas ruas da Baixada aprendi o proceder
Sabendo chegar não estou aqui para perder
Amizade tem começo, poucas vezes tem um fim
Na cartilha muito amor. Daqui pra frente é assim
Norte Cartel na parada sem nada a provar
Mostrando quem é quem. Vagabundo vai bolar
Porque de máscara e neguinho duas caras
Eu já to de saco cheio com vocês La Santa Mafia

Vira a chave do maverick. Tá na hora de ganhar a pista
Vamos que vamos, brothers and sistas
No coração de cada um vários nomes, uma lista
Coisa rara, amizade de verdade que se conquista
Com meus parceiros que vivem a vida real
Rio de Janeiro terapia, é muito mais que mil graus
Nada mal! Veja o que a gente conquistou
A amizade e o amor, só aquilo que tem valor
Demorou! Deixa o meu bonde passar
Abre ala rapá, que nós vamos chegar
Máfia dos santos criados em terras sem inocentes
Norte cartel, La Santa Mafia, Baixada Fluminense

Eu sei! A família onde que tá
A lei! Cada qual no seu lugar
A pista tá cruel no inferno ou no céu
Vendeta, La Santa Mafia, MTD, Norte Cartel

Se é bandido, vagabundo ou da contravenção
Cada um no seu proceder, mas na pista é o proceder do irmão
Paz entre nós, vai na fé!
Não estamos sós e as cobras crescem o olho entocados na maldade
Tá na escuridão? Mó frieza!
Na rua é bolação com certeza!
E na friagem do sereno é quando os buxa mete o pé
Quando o inferno desabar a gente vê quem é quem
Se tem conceito é contexto também
O respeito é pra quem tem! Vigia
Por que os traíra tem de monte. Se mostra no dia-a-dia
Mas cara cai cedo ou tarde, revela quem é família
Cuidado em quem confia! Represento a família
Rio de Janeiro, nem Vermelho, segundo ou Terceiro
Aqui só verdadeiro MTD no corpo
Vendenta 129 no coração, ideologia no peito
Amizade honra fé e respeito
O papo é reto e a lei da rua é cruel
O rodo é certo pra quem não se mantém fiel
Como concreto meu bonde permanece firme
Na falsidade alguns já se perderam no caminho
E como espinho provaram do próprio veneno
O gosto é fel. Representando em 2009, Norte Cartel
La Santa Mafia vem firmando novamente
O bonde tá unido sempre quebrando o elo entre as correntes

Eu sei! A família onde que tá
A lei! Cada qual no seu lugar
A pista tá cruel no inferno ou no céu
Vendeta, La Santa Mafia, MTD, Norte Cartel

Qualé, Norte Cartel! Tamo aí, ja é!
O bagulho tá sinistro e nós tamo de pé
A nossa caminhada é na estrada sem destino
E a sombra da cidade que fez nosso caminho
Assim, sei que me olha, sei
Sei que me escolta
Rio de Janeiro é parceiragem de responsa
Mesmo da masmorra tipo bonde da Camorra
A família tá na pista pelo amor e pela honra
E quem é você que já chega todo pá?
Que diz que tá tudo errado e que o bagulho vai mudar
Quem é parceiro de geral, troca ideia, dá risada
Faz gracinha pra galera. Humm... Vai rachar a cara
Sei qual que é, quer dinheiro, quer mulher
Dá a volta nos parceiros, vira crente e mete o pé
Então vai, Pantaleão, vai pensando que tá bom
Achou que nóis caiu? Tsc, tsc, tsc... To na missão!
Merda a gente fez, sim. É, demorou
Mas o tempo é o rei. Ele ensinou
Escolha infeliz na atitude errada
Criando as serpentes no quintal da própria casa
Aí, vou dar o papo que o bagulho é o seguinte
Sangue pelos meus. O amor nunca divide
Fiel MTD, ó só... Vou te dizer
No reinado dos Vendeta os vacilão vai se foder
Careta, maconha, respeito é o que conta
Humildade é a chave, vaidade não consta
Tu é fiel eu sei, vida cruel neném
Mas tamo junto no bagulho pelo sangue
Essa é a lei!

Eu sei! A família onde que tá
A lei! Cada qual no seu lugar
A pista tá cruel no inferno ou no céu
Vendeta, La Santa Mafia, MTD, Norte Cartel
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não