Ouvir Música

Medo

Noturna

Arranca o teu suor do meu
Desencarna
Diz que nunca conheceu
Fardado na culpa de loucuras sóbrias
O medo vai te amargar do mundo

Perdeu todos os anseios nos bares das esquinas
Foi meu um passado inteiro que por ali passou
E olhou sonhos tão gigantes morrendo pelo copo
Chorou uns de amor, e eu do que nunca vivi

Arranca o teu suor do meu
Desencarna
Fardado nas desculpas de loucuras sóbrias
O medo

O medo vai te corromper
O medo vai fazer doer nos ossos
O ócio pode até querer ser mais do que um estado mas a vida cobra
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados