Ouvir Música

O Feiticeiro

Palmeira e Biá

Cidade de Pitangueiras de noite foi alarmada.
Mandaram chamar o tenente veio com dez praça armada.
Na seção de um feiticeiro chegaram dando pancada.
Prenderam quatorze nessa ninhada
E tocaram em fila no pó da estrada.

Amarraram o feiticeiro pra não fugir do caminho.
Também levaram um piquá cheio de livro e santinho.
Tinha galão de defunto, pé de pato e mão de anjinho.
Tinha um sapo seco dentro de um ninho
Uma fita preta e sete nózinho.

Pegaram o livro de bruxo pra rua foram queimando
Tinha livro de mandinga, corrente são cipriano
Tinha um retrato de um bode e um gato preto chorando
Era da irmandade dos africano
Lá no xadrez foram abaixando

A fama do feiticeiro na paulista esparramou.
Quantas mulher de família o malvado destrilhou.
Moça branca e direita com preto velho casou.
A borracha ardeu e ele confessou
Os danos e os crimes que praticou.

Hoje lá em Pitangueiras ninguém mais em muamba.
Na cidade é só progresso não tem mais roda de samba.
Transportaram o feiticeiro dentro de uma caçamba.
Quando a cana desce o cabra descamba
Ele dança miúdo na corda bamba.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados