Tão Perto, tão distante

Patrulha Do Espaço

Minhas mãos atadas no piano ao tocar
Espero ver mais uma vez o sorriso em teu olhar,
Delírio de quem ama
Ama a alma, e almeja o despertar
Quero chorar!

São tantas palavras naufragas deste mar,
Sendo que elas nem precisam ser afogadas em um mar
As mágoas não existem,
quem as guarda o coração quer sufocar..

Mas parece tão perto e tão distante,
sufocante, frio dilacerante
E sob uma lua minguante eu quero olhar

Não sei aonde estou, perdido não quero estar
E acabo sofrendo tentando me encontrar
Solidão não é meu nome,
Sozinho não vou ficar pra contar!

E nem precisa se desesperar,
Estou esperando o sorriso em teu olhar
Delírio é achar que eu não vou ligar ou se eu vou me lembrar toda vez que eu olhar o meu altar!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados