Cântico dos Cânticos

Pe João Carlos

Amado, por favor,
Aonde vai o teu rebanho,
Onde descansa ao meio dia,
Pra que eu não vague, meu amor,
Entre rebanhos e temor,
Buscando a tua companhia?

Roubaste, meu amor,
Meu coração arrebataste,
Com um só dos teus olhares,
Mas, como é belo o teu amor,
O teu perfume é fina flor,
Mel de favo são teus lábios

Sou rosa de Saron,
A mais formosa açucena,
Neste jardim vens me colher.
Meu bem-amado, tu és meu,
E eu sou tua, bem-querer,
És o pastor das açucenas.

Me digam, por favor,
Como aurora, quem desponta,
Quem como a lua é tão bela,
Quem como o sol tão radiante,
E como tropa desfilante?
É minha amada, e só ela!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados