Aquele Mano

Plena Atitude

Ai se liga só às vezes à vida parece até me dar um nó mas o tempo vai passando e eu fico pensando em muitos aviõezinhos que se foram formando as amizades de infância vão se acabando e muitos nas drogas vão se internando eu me lembro bem como se fosse ontem quando ele foi e enquadro o primeiro bonde junto à rapaziada e se acabo você sabe onde rumo a rua setenta beco ou trindade tanto faz qualquer caminho desses te matou e essa e a verdade sua mãe deixou essa pergunta que não quer calar quem te matou será que vai pagar sua mãe deixou essa pergunta que não vai calar quem te matou será que vai pagar.
.
Aquele mano que era sangue bom ate que a R.O.N.E. pois um fim na sua vida então aquele mano que era sangue bom/ que todos o amavam do fundo do coração. 2x
.
Por que será que o mundo e assim o mano foi embora e não deu tchau pra mim parece que foi ontem que nois tava ali no bar/ as pampa sossegado jogando um bilhar sem nada o que faze esperando a noite chegar mas à noite e perigosa e tem varias surpresas quando menos espera vich a R.O.N.E. preta que é pra protege mas não tem competência o sonho de criança ficou pra traz sonho de um dia poder encontrar a pazchega de joga bola no campo de terra ele sonhava em joga um dia num time grande mas seu sonho acabo como um tiro num instante quando a policia chego e pelo ele no flagrante/ o crime e embaçado não da pra arriscar/ a vida e uma só então não jogue ela pro ar/ a saudade ta apertando nunca e mal relembrar/ quando era meio dia nois voltava da escola/ ia direto pra rua solta pipa e joga bola/ não tava nem ai era tudo maravilha/ na infância era feliz mas não sabia/ na virada do ano pro morro nois subia/ só pra fica olhando os foguete estoura/ só voltava em bora quando o dia clarear/ no meio da rua nois jogava futebol/ ganhava uns trocado vendendo doce no farol/ não da pra esquecer os carrinho de rolimã/ fazendo uma barulheira no domingo de manhã/ a vida era loca aqui na quebrada/ mais o crime irmão só te atrasa/ foi atraído pela malandragem/ infelizmente você entrou pras drogas de viagem uma coisa gera outra pode acredita/ pra pode fuma começou a rouba/ a droga dominou já não dava pra escapar/ não usou a consciência e se deixou levar/ invadiu a garagem pra tenta leva o carro/ mas o alarme disparo os gambe foram acionados/ ele não viu nem sentiu só escuto o estalo/ e o peito perfurado/ he mais um irmão que o crime tinha levado/ que era sangue bom que era meu aliado/ e nem tava armado podia ter sido preso não, não baleado/ mas o fuzil da R.O.N.E. deu o grito mais alto/ o mundo e cruel amigos vem amigos vão/ e a saudade fica no coração/ agora e só lembranças que eu carrego comigo/ como eu queria que você tivesse vivo.
.
Aquele mano que era sangue bom/ ate que a R.O.N.E. pois um fim na sua vida então/ aquele mano que era sangue bom/ que todos o amavam do fundo do coração. 2x
.
Mais um dia que se passa e a noite vem/ aquele mano que sai sem avisar ninguém/ mal sabia que na noite iria passar/ por muitos vários açoites ele iria encontrar/ na sua trajetória numa calada macabra da medo ate de lembrar quando a R.O.N.E. enquadro sem ao menos toma satisfação/ então/ já cataram o mano e não tiveram perdão/ foram metendo a mão/ varais pancadas bem dadas pra completar a parada/ vários pipocos foram disparados em sua direção/ e se liga irmão/ pode crê vamo se liga irmãos/ às vezes pensamos que as coisas ruins nunca nem jamais aconteceram com a gente/ só alegria somente/ nada indiferente/ he demoro depois de uma lição e tanta meus pensamentos idéias/ mudaram com o passar do tempo/ eu sinto muito eu lamento/ pelo constrangimento/ causados a minha família amigos chegados se não aprendesse também meu amigo/ eu nem te digo/ eu seria mais u que não conseguiria/ a grande façanha de contrariar as estatísticas/ he to ai sobrevivi/ após passar por momentos difíceis ocasiões sinistras/ que na verdade/ com humildade/ eu lê digo/ se não tivesse sofrido perdido/ meus manos entes queridos he eu me lembro bem como foi embaçado/ cola na roda os camarada todos me perguntavam o que ele tinha feito pra merecer este triste fim com seu corpo perfurado a bala/ essas horas irmãos me faltava fala um sentimento de revolta gritava mais alto todas as vezes que eu arava em algum canto/ como por encanto/ aquelas lembranças vinham em minha mente/ do tempo em que a gente/ saia pra joga futebol/ he num campinho de terra em baixo do sol/ mas o tempo passou/ muita treta rolou/ tiraram a sua vida he e eu pedia varais vezes pra Deus o Deus tenha piedade desses filhos seus, tenha piedade desses filhos seus, tenha piedade desses filhos seus, tenha piedade desses filhos seus.
.
Aquele mano que era sangue bom/ ate que a R.O.N.E. pois um fim na sua vida então/ aquele mano que era sangue bom/ que todos o amavam do fundo do coração. 2x
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados