Hã!?

Predella

Tudo passa e eu quero essa mina tanto
O pranto acompanha mina sina.
Farto de não mais aguentar estar sem ti,
Descarto os roles e me jogo pro quarto.
Extraio da alma esses versos e me dopo,
Na calada a gelada no copo,
Não dá nada se a fita é furada pois qualquer parada com você eu topo.
Me desloco pra longe sinto essa brisa
É o que ameniza uma cóta da dor. (da dor)
Frizo a distancia que aperta meu peito e aumenta uma cota do amor... (do amor)
Vô pra onde for, porém só vou se for contigo.
Minha mente desanda e meu corpo não anda sem você comigo.
É estranho quando eu me acanho fica difícil,
Essas lágrimas sem benefício,
Ganho que teu corpo é minha cama e tua boca é meu vicio.
Sacrifício é não estar perto disso, algo propício é te fazer sorrir.
Nada contra as crenças, mas se deus fosse justo você já estava aqui.
Do meu lado, teu corpo no meu corpo, teu rosto com seus traços.
Metê as caras, por rap na rua, ir pro estúdio, é pela gente que eu faço.
Sem maldade, já provei as verdades que só você sabe.
Coração vez em quando é gigante mas no meu só você cabe, entende?
Quantas vezes eu achei que ja tinha me encontrado?
Mas aí colou você, dellaprê ficou bolado.
Quantas vezes perdoei? quantas vezes fez errado?
Guarda só o bom, se livra do ruim que o resto é passado.
Só pra registrar, que eu te quero, que eu te venero que eu te chamo. (te chamo)
Que eu me supero, que eu te espero, que eu te tramo (te tramo).
Que eu te estudo... (mas é) que a sua voz é meu tudo,
Que é só de você que eu estou falando e pra resumir,
Vô dizer que eu te "hã!?mo"...
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados