Ouvir Música

Antropomórfico

Preto Blues

O mundo se enche de graça
Ao ver-te deitada aqui ao por do sol
O mundo se torna sem graça
Ao ver-te deitada com alguém no meu sofá
E nada mais importa
Se minhas mãos não têm mais suas mãos
Se funde com a fumaça
Saída de alguém que tem um escuro pulmão

Esse todo que não é perfeito não existe mais
E essa vida que é passageira se encontra atrás
Desse sonho eu vou despertar com um arranhão
Causado por uma quimera... Que segura a minha...

A vida não tem mais sentido
Ao ver-te cuspindo nos meus esforços, ah...
Se funde com a fumaça
Saída do pulmão de alguém que não te ama mais
Mistura essa massa
Pouco consistente num sorriso descontente
Se funde com a argamassa
De uma construção que não ta mais de pé...

Esse todo que não é perfeito não existe mais
E essa vida que é passageira se encontra atrás
Desse sonho eu vou despertar com um arranhão
Causado por uma quimera... Que segura a minha...

Mão, não, fazer de tudo pra voltar atrás
De alguém, não, virar o mundo de ponta cabeça.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados