Circo

Razzy

Eu posso pular de olhos fechados de um precipício
Eu posso voar eu posso sangrar
Eu posso cair em qualquer lugar
Eu não escondo minhas fraquezas nem os meus vícios
Os meus distúrbios e o meu passado

Ninguém tem nada com isso
Eu sou a loucura
E a sanidade
Eu sou tão complexo
Sendo só metade

Refrão:
Mas se amanhã acordar e tiver
Que recomeçar em qualquer lugar
Deixa o tempo passar que tudo vai
Voltar ao seu lugar


Eu brinco com o tempo transformo o vazio em movimento
Dou asas ao vento sussurro o silêncio do meu lamento
Carrego a vontade os sonhos convictos de amor e de verdade
Rastros de nos espelho sem voz caem a lei da gravidade


Como um circo que muda de lugar
Deixa a saudade, mas não para de rodar
As luzes não podem se apagar


Pois nada que for pra ser meu vai ficar
Perdido onde não deve estar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados