Ouvir Música

De bodoque baladeira

Rita de Cássia

Venha como um bálsamo
Me aliviar a dor
Não acerte o peito de um passarinho
Que voa sozinho
Carregando as mágoas
Busca liberdade pra sobreviver

Guarda Tuas armas em tu aljava
E meda coragem pra proseguir
Se me tira a paz coração dispara
Fica nessa estrada ai a esperar por ti

Fim da caminhada de um sonhador
Um buquê sem rosas
Um vaso sem vinho
E nesse caminho
Enfrentado as barras
Traço do meu destino
Para não sofrer

Refrão:
Meia noite no sertão
Quem for mole que se dane
Quem ama de coração
Não quer nem saber do nome
Eu sou um matuto, sou do bom
Quem é forte não se esconde
Não dou tiro no escuro
Quem morre atras do muro
É lobisomem
Sei que dessa água já não bebo
Dessa comida eu não comerei
Jurei pra mim a vida inteira
Mas ela me acertou
De bodoque e baladeira
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados